Criança pode ter privacidade?

Olá, tudo bem com você? Hoje vamos tratar de um assunto um pouco polêmico. Criança pode ter privacidade?

Primeiramente, devemos ter em mente que estamos tratando de infância e essa fase vai até, aproximadamente, os 12 anos de idade.

Se sua criança encontra-se nesta fase de vida, fique atento (a), pois, ela ainda não tem maturidade suficiente para discernir entre os perigos existentes, principalmente no uso da internet.

Nesse caso, a privacidade pode representar um grande perigo para o desenvolvimento emocional de sua criança.

Para que você consiga proteger seus filhos e manter um relacionamento de confiança mútua, separamos algumas dicas importantes para você colocar em prática:

1- converse com seus filhos sobre a importância da segurança no acesso à internet;

2- alerte quanto aos perigos de se falar com pessoas estranhas ou passar informações de caráter pessoal;

3- desenvolva uma parceria com sua criança para que a confiança seja recíproca;

4- fique atento (a) aos conteúdos que seus filhos assistem ou acompanham; e

5- mantenha sempre o diálogo aberto sem julgamentos para que sua criança sinta confiança em contar a você sobre algo que está lhe incomodando ou causando desconforto.

Com essas dicas simples, você conquistará a confiança de sua criança e ao mesmo tempo terá um canal aberto de comunicação com ela a fim de evitar perigos e garantir a sua segurança acima de tudo.

Mas, lembre-se: a privacidade não pode ser maior do que a segurança.

Beijos iluminados pra você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *