Como lidar com a agressividade infantil

Olá, tudo bem com você?

Hoje vamos falar sobre a agressividade na infância e descobrir algumas práticas eficazes para lidar com esse problema.

A agressividade na infância começa a ser percebida pela família por volta dos 2 anos de idade. Nessa fase, a criança já começa a se perceber como individualidade e inicia a exploração do ambiente, do eu e do outro.

A criança, muitas vezes, não consegue lidar com a frustração nessa idade e, por essa razão, demonstra sua raiva por não saber expressar seus sentimentos por meio de palavras.

Mas, apesar do processo ser comum, você deve pesquisar a causa da agressividade. Existem duas possibilidades a serem investigadas: a primeira se refere ao ambiente doméstico.

Como é o comportamento da família? Há a presença de comportamentos agressivos que podem estimular a criança a essa agressividade precoce?

Se sim, cabe à família rever essa postura e propor alternativas mais saudáveis de convivência...

Ler mais

Como lidar com a dificuldade de aprendizagem?

Como anda o desempenho escolar de sua criança?

Foi possível acompanhar as atividades escolares durante a pandemia ou você teve problemas para desenvolver a autonomia de seu (a) filho (a)?

Essas são algumas das perguntas que alguns pais se fazem ou nos fazem, pois temem os resultados.

É natural que o medo tome conta das famílias. Todo esse isolamento causou grandes mudanças.

Assim, é preciso rever algumas crenças limitantes para que possamos aprender a lidar com o fracasso em nossas vidas.

Mas você sabe como lidar com o fracasso? Está preparado (a) pra isso?

E seus filhos? Como estão sendo conduzidos para lidarem com os seus próprios fracassos?

Se você ainda não pensou nisso, comece agora a pensar, pois estamos aqui para lhe ajudar.

A seguir, listaremos alguns itens para que você comece a exercitar a aceitação do fracasso. Confira as dicas:

  • não gere grandes expectativas em relação ao seu desempenho ou ao desempenho de seus filhos...
Ler mais

Pais que constroem

Olá! Tudo bem com você?

No nosso último post, falamos sobre os pais que destroem a autoestima dos filhos. Se você perdeu esse tema, dê uma paradinha e leia antes de prosseguir.

Hoje trataremos da melhor parte, ou seja, dos pais que com atitudes positivas ajudam seus filhos a construir uma autoestima equilibrada que os farão adultos éticos e saudáveis.

Existem diversos tipos de comportamento positivos que os pais podem ter, entretanto, escolheremos 3 para tratar aqui, especificamente. São eles, os pais presentes, dialogadores, orientadores e os persistentes. Vamos conhecê-los?

  1. Pais/mães presentes: são aqueles que efetivamente estão presentes na vida de seus filhos, ainda que distantes fisicamente. São os que acompanham a vida escolar, conhecem os amigos da escola e também os pais desses amigos, estão atentos ao conteúdo que os filhos assistem na internet ou na TV, colocam os filhos para dormir, dão um beijo de boa noite e, quando estão distantes d...
Ler mais

Que habilidades devo ter para educar uma criança?

Olá! Tudo bem com você?

Você já se fez essa pergunta?Possivelmente não... certo? Pois bem, essa é a pergunta fundamental que toda pessoa deve se fazer antes de ter um filho.

Na correria dos nossos dias, nem sempre refletimos acerca dessa questão e ter um filho passa a ser um ato corriqueiro e sem muitos preparativos, além do pré-natal e do enxoval do bebê. Entretanto, o que devemos ter em mente é a real necessidade de nos prepararmos pra recebermos um ser humano em nossos braços.

Com o passar dos meses, nossas atenções se voltam para as transformações do corpo, para o desenvolvimento e crescimento do feto e sequer imaginamos o tamanho da responsabilidade que temos em entregar à sociedade um produto de qualidade.

Produto de qualidade? Como assim? ??O raciocínio é bem simples...

Da mesma forma que nos dedicamos aos estudos, nos esforçamos para ter acesso às universidades, nos empenhamos em nossas carreiras desenvolvendo as habilidades e com...

Ler mais

Preparando nossos filhos para a vida

De acordo com o dicionário etimológico, a origem da palavra educar vem do latim educare, educere, que significa literalmente “conduzir para fora” ou “direcionar para fora”. O significado do termo (direcionar para fora) era empregado no sentido de preparar as pessoas para o mundo e viver em sociedade, ou seja, "conduzi-las para fora” de si mesmas, mostrando as diferenças que existem no mundo. Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), filósofo suíço, em sua obra Emílio ou Da Educação, afirma que "Nosso verdadeiro estudo é o da condição humana. Quem entre nós melhor sabe suportar os bens e os males desta vida é, a meu ver, o mais bem educado; daí decorre que a verdadeira educação consiste menos em preceitos do que em exercícios." Correlacionando o pensamento de Rousseau com os dias atuais, podemos dizer que não basta que nos preocupemos com a educação formal, ou seja, que busquemos as melhores escolas para nossos filhos, pois muito mais importante que a...
Ler mais